Você já sorriu hoje? A pergunta pode até soar estranha, mas ela traz a tona uma questão muito importante: a necessidade de rirmos mais. 

Já está mais do que comprovado que rir traz inúmeros benefícios, não é a toa que grupos de palhaços voluntários se juntam várias vezes ao ano para visitar pacientes internado com apenas uma intenção, fazê-los rir. 

Rir é tão importante para a nossa saúde mental e emocional que a terapia do riso tem se tornado cada vez mais popular. Trata-se de um método complementar a outros tratamentos de saúde que visa promover o bem-estar físico e emocional de pessoas em momentos difíceis por meio de exercícios e atividades que estimulam o riso.

A boa notícia é que dá para aplicar a terapia do riso no nosso dia a dia e colher os benefícios que ela promove. E todos eles são comprovados, pois rir libera alguns hormônios causadores de bem-estar. 

Como aplicar a terapia do riso?

Trata-se de praticar diferentes técnicas até conseguir encontrar a diversão e a volta à infância, para assim conseguir a melhor risada. Ou seja, aquela risada que proporciona, de fato, uma gargalhada bem intensa.

Essa prática complementar é indicada principalmente para pessoas que estão passando por momentos difíceis, como internações prolongadas, depressão ou doenças terminais.

Ela pode ser realizada em sessões individuais ou coletivas. Durante essas sessões, diversos exercícios e atividades que provocam o riso são realizadas, dentre elas destaca-se a repetição de mantras que estimulam o abdômen, já que este é o ponto-chave da risada, bem como a encenação de movimentos e de situações cômicas. Tem ainda a associação de exercícios de respiração com mímica.

Como a terapia do riso age em nosso organismo?

Quando rimos ocorre uma melhora da pressão arterial e a liberação do que são chamados por muitos de hormônios da felicidade. Esses hormônios são a serotonina, a dopamina, a adrenalina e endorfinas. 

A serotonina, por exemplo, promove bem-estar e, consequentemente melhora o humor, assim como a endorfina e a dopamina. A melhora desses hormônios é excelente para o aspecto emocional e mental, pois quando há um déficit deles em nosso organismo a tendência é nos sentirmos tristes, desanimados e sem energia.

Benefícios da terapia do riso

A terapia do riso é tão eficiente que alguns a definem como uma terapia alternativa que tem a risada como principal inibidor do estresse e demais condições. Dentre seus principais benefícios estão:  

  • Diminuição da ansiedade;
  • Relaxamento corporal;
  • Redução do estresse
  • Ajuda em casos de depressão;
  • Melhora da autoestima;
  • Diminuição das preocupações.

O fato da terapia do riso diminuir o estresse já é uma excelente notícia, afinal decorrente dele surgem diversos problemas de saúde, inclusive a ansiedade e a depressão. 

Rir não tem contra indicação 

Apesar da terapia do riso ser indicada para pessoas com problemas muito complicados, nada impede que possamos também aplicá-la em nosso dia a dia. 

É importante recorrer a situações ou movimentos que te façam rir, para que isso seja possível, reserve um tempo para ficar com você e fazer algo divertido. Nesses momentos tente relaxar e olhar para coisas que você realmente acha engraçadas. Assim será mais fácil colocar aquela gargalhada para fora.

O poder do riso já foi cientificamente comprovado e diantes de tantas situações estressantes do dia a dia, ela cai como uma luva em nossas vidas.

Conteúdo supervisionado pelo Dr. Diego Limoeiro

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *